UM SABER QUE NÃO SABE: INSTRUMENTO DE PREVISÃO

Eleutério F.S. Prado

Resumo


Faz-se no artigo um reexame da bem conhecida e controvertida proposta metodológica de Friedman. Procura-se mostrar, por meio de uma crítica interna, que o texto se encontra eivado de contradições. Sugere-se, ainda, que a proposta foi construída a partir de uma estratégia de argumentação orientada pelo propósito de proteger a teoria neoclássica de criticas. O artigo procura tornar evidente ainda que Friedman, nesse intento, viola a ética implícita do discurso acadêmico que tem como pressupostos internos a busca da verdade, a correção normativa e a sinceridade.

Palavras-chave


Previsão. Teoria Neoclássica. Friedman.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10352



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456