DEFICIT ENERGÉTICO

Fabiano Augusto Castro Nogueira Pinto

Resumo


O modelo energético é posto em questão a partir dos choques do petróleo. Com a profunda alteração da política internacional em relação ao crédito, outra importante fonte energética, a hidreletricidade também passa a ter problemas. A reformulação da política energética faz-se necessária para a saída da crise em que o País se encontra desde fins dos anos setenta. Assim, propõe-se neste trabalho uma revisão de pontos específicos da política energética do País. Dentre esses pontos destacam-se a questão da eficiência do uso da energia, os investimentos no setor, as "tarifas" e a regionalização e integração energética.

Palavras-chave


Déficit energético.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10349



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456