TEORIAS ESTRUTURALISTAS DA INFLAÇÃO

Roberto Camps de Moraes

Resumo


O presente texto é de natureza didática. Ele tenta resumir de foma agrupada as principais teorias que são comumente enquadradas pela literatura como estruturalistas, além de algumas que, no julgamento do autor, poderiam sê-lo. O texto apresenta as teorias, indicando as hipóteses implicações e o desenvolvimento algébrico, quando for o caso, na seguinte ordem: (a) os primeiros latinos (a velha geração de latino-americanos); (b) os novos latinos (a nova geração, ou, o neo-estruturalismo); (c) o modelo de Baumol; (d) o modelo escandinavo e (e) a síntese formal de Canavese.

Palavras-chave


Teorias estruturalistas. Inflação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10343



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456