Avaliação da resposta imune humoral em camundongos para a proteína Glutationa S-transferase de Rhipicephalus (Boophilus) microplus (GST-Bm), e de Haemaphysalis longicornis (GST-HI)

Kiyoko Uemura Utiumi

Abstract


O carrapato

 

Rhipicephalus (Boophilus) microplus é um ectoparasito hematófago que infesta os rebanhos bovinos de regiões tropicais e subtropicais, e é um dos principais causadores de prejuízos econômicos à pecuária. O principal método de controle baseia-se no uso de acaricidas. No entanto, devido à crescente preocupação com os problemas criados pela poluição química do meio ambiente, ao alto custo e toxicidade das drogas e ao aparecimento de carrapatos resistentes aos acaricidas, métodos alternativos para o controle do R. microplus devem ser encontrados. Um dos métodos alternativos estudados é o uso de vacinas. As Glutationa S-transferases (GST) são enzimas que estão presentes em organismos animais e vegetais e, entre suas funções, podem-se destacar transporte intracelular, participação em processos digestivos, síntese de prostaglandinas, e detoxificação de substâncias tóxicas e proteção contra estresse oxidativo. Neste estudo, foi analisada a resposta imunológica comparativa de camundongos para a GST de R. microplus (GST-Bm) e para a GST de Haemaphysalis longicornis (GST-Hl). Ambas as proteínas foram expressas em Escherichia coli linhagem AD494, e purificadas por cromatografia de afinidade por glutationa utilizando a coluna GSTrap FF. Para verificar a imunogenicidade das proteínas, foram utilizados 25 camundongos Balb/c divididos em 12 grupos. As condições testadas foram as inoculações das proteínas GST-Bm e GST-Hl com os adjuvantes Montanide, saponina ou sem adjuvantes. Camundongos controle foram inoculados com extrato de E. coli ou somente com os adjuvantes. Foi coletado sangue de todos os animais, com intervalos de sete dias, durante 70 dias. Os soros foram analisados por ELISA para acompanhar a cinética da produção de anticorpos de todos os animais imunizados. Os camundongos inoculados com GST-Hl emulsificada com Montanide mostraram aumento dos níveis de anticorpos a partir do dia 21. O nível máximo de anticorpos foi detectado no dia 42, e diminuiu após o dia 56. Todos os outros animais não apresentaram aumento nos níveis de anticorpos.


Keywords


Rhipicephalus (B) microplus; Haemaphysalis lomgicornis; GST-Bm; GST-HI; ELISA; Vacinas; Carrapatos; Bovinos



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.17322

Copyright (c) 2018 Kiyoko Uemura Utiumi

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.