Dispnéia provocada por tumor laringeano em gatos no período de 1997 a 2007

Katia Barão Corgozinho, Heloisa Justen Moreira de Souza, Ana Maria Reis Ferreira, Simone Carvalho Cunha, Cristiane Damico

Abstract


Tumores acometendo a laringe são raros e, geralmente, não têm uma terapia de sucesso. O exame visual direto da laringe fornece informações importantes para animais suspeitos de doenças laringianas. Este estudo avalia gatos apresentando tumor de laringe no período de dez anos. Nesse período, foram observados somente dois casos com tumores laringianos. Ambos animais apresentaram o histórico de severa e persistente dispnéia, associada a ruído respiratório. A radiografia cervical demonstrou aumento da opacidade dos tecidos moles na laringe em um gato e, no outro, uma massa quase obstruindo totalmente o lúmen. Os gatos foram anestesiados e, a inspeção visual para a intubação, demonstrou a presença de massa que não permitiu a intubação dos gatos. Traqueostomia permanente foi realizada para impedir a oclusão do trato respiratório pela massa. Os donos não permitiram a realização da ressecção da massa e os dois gatos foram eutanasiados, um após o resultado da citologia e o outro após o resultado da histopatologia. Tumores de laringe são incomuns e, geralmente, são malignos em gatos.


Keywords


Gatos; Laringe; Dispnéia



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.17305

Copyright (c) 2018 Katia Barão Corgozinho, Heloisa Justen Moreira de Souza, Ana Maria Reis Ferreira, Simone Carvalho Cunha, Cristiane Damico

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.