Nefrectomia videolaparoscópica para tratamento da dioctofimose em um cão

Priscila Secchi, Stella de Faria Valle, Maurício Veloso Brun, Adriana Costa da Motta, Stella Falkenberg Rausch, Sérgio Aladin Messina, Maria Isabel Botelho Vieira

Abstract


A dioctofimose é uma afecção pouco comum em cães, causada pelo

 

 

Dioctophyma renale, que ocorre com maior frequência em animais errantes. Quando um único rim é parasitado, os pacientes podem não apresentar sinais clínicos devido à compensação pelo rim contralateral. Não havendo terapia clínica efetiva para a dioctofimose, o tratamento indicado é a nefrotomia ou nefrectomia, na dependência da gravidade da lesão. Foi atendido no Hospital Veterinário da Universidade de Passo Fundo (UPF) um canino, fêmea, castrado, sem raça definida, com aproximadamente um ano e pesando 12 kg, proveniente de um abrigo de animais de rua da cidade de Passo Fundo (RS), apresentando hematúria e emagrecimento progressivo há 30 dias. Através dos exames complementares realizados, foi constatado parasitismo do rim direito por D. renale. O presente relato descreve o emprego alternativo da nefrectomia videolaparoscópica como um método seguro e efetivo para o tratamento de dioctofimose em um cão e os meios utilizados para o diagnóstico.


Keywords


Dioctophyma renale; nefrectomia videolaparoscópica; Hematúria



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.16550

Copyright (c) 2018 Priscila Secchi, Stella de Faria Valle, Maurício Veloso Brun, Adriana Costa da Motta, Stella Falkenberg Rausch, Sérgio Aladin Messina, Maria Isabel Botelho Vieira

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.