Feohifomicose cutânea causada por Curvularia sp. em um equino

Nadia Aline Bobbi Antoniassi, André Mendes Ribeiro Corrêa, Cristine Becker, Edna Maria Cavallini Sanches, Laerte Ferreiro, David Driemeier

Abstract


As feohifomicoses são doenças cutâneas, subcutâneas e sistêmicas que acometem humanos e animais. São causadas por fungos que possuem melanina em sua parede celular (dematiáceos) e estão geralmente associadas com imunocomprometimento do hospedeiro. Este trabalho descreve alterações clínicas e histopatológicas de feohifomicose cutânea em um equino, macho, da raça crioula, de 6 anos de idade. O animal apresentou dois nódulos cutâneos com aproximadamente 4 a 5 cm de diâmetro, nas regiões laterais direita e esquerda do abdômen, que foram removidos cirurgicamente e encaminhados para exame histopatológico. Macroscopicamente, as lesões consistiam em nódulos cutâneos, um ulcerado, apresentando ao corte múltiplas áreas circunscritas e esbranquiçadas contendo em seu interior grânulos enegrecidos. Na histopatologia, as lesões se caracterizavam por dermatite ulcerativa piogranulomatosa com hifas septadas intralesionais apresentando parede pigmentada. No cultivo micológico, observou-se crescimento fúngico de

 

 

Curvularia sp. O diagnóstico de dermatite fúngica por Curvularia sp. foi baseado nos achados histológicos associados com o isolamento fúngico. O tratamento se restringiu à retirada cirúrgica completa das lesões; entretanto, um ano após a excisão, novas lesões surgiram nas proximidades das lesões prévias no abdômen.


Keywords


Feohifomicose; Dematiáceos; Curvularia sp.; Equinos



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.16546

Copyright (c) 2018 Nadia Aline Bobbi Antoniassi, André Mendes Ribeiro Corrêa, Cristine Becker, Edna Maria Cavallini Sanches, Laerte Ferreiro, David Driemeier

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.