Estimativa de custos de três sistemas alimentares para a recria de novilhas acasaladas aos 18 meses de idade

Leonardo Canali Canellas, Pedro Rocha Marques, Júlio Otávio Jardim Barcellos, Vinícius Lampert, José Braccini Neto

Abstract


A idade ao acasalamento da novilha está relacionada com a eficiência econômica da produção de bovinos. A determinação de sistemas alimentares para a recria é fundamental para que as novilhas apresentem elevada taxa de prenhez. O objetivo deste trabalho foi estimar e avaliar os custos de alternativas alimentares na recria de novilhas de corte destinadas ao acasalamento aos 18 meses de idade. Foram avaliados sistemas alimentares que atendessem o ganho de peso em cada fase da recria utilizando o campo natural e suplementos alimentares para determinar o custo final do sistema. Para tanto foram definidos os seguintes pressupostos: peso ao desmame – 160 kg; ganho do desmame ao início do acasalamento – 140 kg; peso ao início do acasalamento – 300 kg (raça britânica, 65% do peso adulto). Os tratamentos foram denominados conforme o ganho de peso diário médio (GDM) no primeiro (INV), segundo (PRI) e terceiro (VER) período, respectivamente: BAM – Baixo (0,000 kg/d), Alto (1,111 kg/d) e Moderado (0,500 kg/d); MMA – Moderado (0,120 kg/d), Moderado (0,800 kg/d) e Alto (0,500 kg/d); ABB – Alto (0,373 kg/d), Baixo (0,600 kg/d) e Baixo (0,300 kg/d). O sistema de recria ABB apresentou o menor custo (R$ 96,19/cab), seguido pelo MMA (R$ 114,60/cab) e pelo BAM (R$ 134,40/cab). A utilização de diferentes sistemas alimentares apresenta implicações econômicas na recria de fêmeas. Novilhas destinadas ao acasalamento aos 18 meses no outono necessitam de suplementação alimentar durante pelo menos um dos três períodos de recria. A suplementação visando obter altas taxas de ganho de peso durante o primeiro período de recria (inverno) apresentou menor custo em relação a ganhos elevados no segundo e terceiro períodos (primavera e verão, respectivamente).


Keywords


Recria de novilhas; Acasalamento aos 18 meses; Sistemas alimentares; Custo de produção; Novilhas de corte



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.16465

Copyright (c) 2018 Leonardo Canali Canellas, Pedro Rocha Marques, Júlio Otávio Jardim Barcellos, Vinícius Lampert, José Braccini Neto

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.