Obstrução intestinal e enterotomia em tigre d’água (Trachemys dorbignyi)

Fabrício Singaretti de Oliveira, Aline Delfini, Leandro Luís Martins, Domigos de Faria Junior, Márcia Rita Fernandes Machado

Abstract


A obstrução intestinal ocorre em quelônios, principalmente em decorrência de parasitismo e corpos estranhos, como pedras e areia. Um caso de compactação intestinal foi descrito em um tigre d’água macho com aproximadamente cinco anos de idade. O animal foi atendido no Hospital Veterinário da UNICASTELO, Campus Fernandópolis, SP, apresentando anorexia há uma semana, desidratação severa e estupor. O diagnóstico definitivo foi realizado mediante exame radiográfico simples, no qual se verificou grande quantidade de material radiopaco intestinal compactado. O animal foi submetido à celiotomia de emergência para retirada dos corpos estranhos intestinais. Para a indução e manutenção anestésica, utilizou-se anestesia inalatória com isofluorano. Após antissepsia local, uma abertura de 4cm

 

2 foi realizada no plastrão com auxílio de serra vibratória. O peritônio foi incidido, o intestino exteriorizado e a enterotomia realizada. Durante a cirurgia, o animal foi novamente submetido a exames radiográficos para confirmação da retirada dos corpos estranhos. Foi utilizado fio mononylon 4-0 para sutura intestinal em dois planos e peritonial em único plano. O segmento do plastrão retirado foi recolocado e fixado com resina epóxi e gaze, impermeabilizando-a. No período pós-operatório, o animal recebeu analgésico por dois dias e pentabiótico por cinco dias após a cirurgia. Alimentação oral pastosa foi fornecida via sonda do segundo ao décimo dia, com ótima recuperação clínica-cirúrgica.


Keywords


Obstrução intestinal; Enterotomia; Cirurgia; Tigre d'água; Trachemys dorbignyi



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.16355

Copyright (c) 2018 Fabrício Singaretti de Oliveira, Aline Delfini, Leandro Luís Martins, Domigos de Faria Junior, Márcia Rita Fernandes Machado

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.