Uso da combinação dos anestésicos tiletamina e zolazepam na imobilização de Ctenomys lami (Rodentia-Ctenomydae) no sul do Brasil

Gisele Guiomara Stein, José Francisco Bonini Stolz, Ingrid Vera Stein, Marina Estrázulas, Vanessa Lipp, Thales Renato Ochotorena Freitas, André Silva Caríssimi

Abstract


Estudos sobre contenção química de animais silvestres são de extrema importância para a manipulação destes, minimizando o estresse e garantindo segurança no procedimento anestésico tanto para os animais quanto para a equipe de trabalho. Zoletil

 

® foi utilizado para imobilização de tuco-tucos (Ctenomys lami) capturados no Rio Grande do Sul (Brasil) entre maio e junho de 2008. A dose utilizada foi de 8mg/kg, por via intramuscular, produzindo um tempo de indução de 2,5± 1,05min. A recuperação dos reflexos (quando os animais retornam a decúbito esternal) levou o tempo de 37,3±12,32min e o retorno à deambulação ocorreu em 52,83±14,32min. Não foi observada reação adversa ao uso de Zoletil, a não ser uma mínima perda na regulação de temperatura. Dois animais vieram a óbito durante a anestesia. Zoletil administrado na dose de 8mg/kg foi um efetivo agente para imobilização de tuco-tucos de vida livre.


Keywords


Anstesia; Ctenomys lami; Tiletamina; Zolazepan



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.16345

Copyright (c) 2018 Gisele Guiomara Stein, José Francisco Bonini Stolz, Ingrid Vera Stein, Marina Estrázulas, Vanessa Lipp, Thales Renato Ochotorena Freitas, André Silva Caríssimi

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.