Importância dos fatores de crescimento locais na regulação da foliculogênese ovariana em mamíferos

Cintia Camurça Fernandes Leitão, Ivina Rocha Brito, Isana Mara Aragão Frota, José Roberto Viana Silva

Abstract


O ovário mamífero é um órgão dinâmico encarregado de proporcionar um ambiente ideal para a produção de hormônios e liberação dos gametas femininos. No ovário, estão contidos milhares de folículos ovarianos, que constituem sua unidade básica estrutural e funcional. A foliculogênese ovariana é um processo complexo que consiste do desenvolvimento de folículos primordiais até o estágio de folículo pré-ovulatório, durante o qual ocorre o crescimento oocitário e intensa proliferação das células da granulosa. Vários fatores de crescimento produzidos pelas células foliculares, frequentemente, atuam modulando os efeitos das gonadotrofinas FSH e LH, controlando, assim, a foliculogênese. Nesta revisão, serão discutidos a localização e os efeitos de vários fatores como o fator de crescimento epidermal (EGF), fatores de crescimento fibroblásticos (FGF), fator de crescimento semelhante à insulina (IGF), fatores de crescimento transformante-ß (TGF-ß) e Kit ligante (KL) no controle do desenvolvimento folicular. Alguns desses fatores de crescimento, como EGF, FGF, IGF, TGF-ß, BMP-2, -4, -6, -7, -15, GDF-9, ativina-A e KL, estimulam o desenvolvimento dos folículos ovarianos, além de estarem envolvidos no controle dos processos de esteroidogênese e atresia folicular. Já outras substâncias, como as inibinas, exercem uma ação inibitória sobre a secreção de gonadotrofinas e controlam, desta forma, a ação do FSH no ovário.


Keywords


Foliculogênese; Fatores de crescimento; Mamíferos



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.16332

Copyright (c) 2018 Cintia Camurça Fernandes Leitão, Ivina Rocha Brito, Isana Mara Aragão Frota, José Roberto Viana Silva

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.