Perfil bioquímico-hematológico em lhamas (Lama glama Linnaeus 1758) criadas em cativeiro no Sul do Brasil: variações de gênero e época do ano

Elisandro Oliveira dos Santos

Abstract


As lhamas são camelídeos sul-americanos encontrados em criações zoológicas no Brasil, com grande adaptação a diferentes regiões do mundo. Devido às variações que ocorrem em decorrência da influência da região, nutrição e resposta individual dos animais, é importante caracterizar seus parâmetros fisiológicos para estabelecer valores de referência para a espécie. O objetivo do presente trabalho foi estudar valores hematológicos e bioquímicos de lhamas, de um zoológico localizado no município de Gravataí, Rio Grande do Sul, Brasil, avaliando também possíveis diferenças entre sexo e períodos do ano. Os resultados obtidos foram comparados com aqueles descritos na literatura, objetivando contribuir para a compreensão dos mecanismos que afetam sua adaptação na região. Foram utilizadas 16 lhamas clinicamente saudáveis, 8 machos e 8 fêmeas, na faixa etária de 1 a 6 anos de idade. Foram realizadas 8 coletas de sangue para cada sexo através de venipunção jugular, durante o período de um ano. Na comparação entre os sexos, observaram-se diferenças significativas de leucócitos, CK, AST, colesterol, creatinina, frutosamina, glicose, triglicerídeos, albumina, globulinas e fósforo. Em relação a época do ano, houve diferenças significativas para hemoglobina, triglicerídeos, frutosamina, colesterol, creatinina, proteínas plasmáticas totais, albumina, globulinas, glicose, nas enzimas ALT, AST, LDH e CK, e nos níveis de cálcio e fósforo entre alguns meses. Comparando-se os valores encontrados com a literatura, os níveis de triglicerídeos, globulinas, CK, LDH, uréia e fósforo foram elevados, além de magnésio que mostrou-se mais alto nas fêmeas, enquanto os demais metabólitos tiveram valores similares. Os resultados encontrados mostraram as lhamas possuem diferentes maneiras de responderem ao manejo, adaptando-se a situações novas num ambiente em constante transformação. Os valores encontrados podem servir como valores de referência para lhamas criadas no sul do Brasil.


Keywords


Lhamas; Perfil bioquímico-hematológico; Valores de referência; Variações sazonais; Variações de gênero



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.16099

Copyright (c) 2018 Elisandro Oliveira dos Santos

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.