Displasias foliculares ligadas à cor da pelagem em cães: displasia folicular dos pêlos pretos e alopecia por diluição de cor

Rafael Rodrigues Ferreira, Mauro Luís da Silva Machado, Juliana Aguiar, Andréia Spanamberg, Simone Passos Bianchi, Eduardo Conceição Oliveira, David Driemeier

Abstract


As displasias foliculares ligadas à cor da pelagem, também descritas como displasias cutâneas neuroectodermais congênitas, são histopatologica e geneticamente semelhantes e tratam-se, provavelmente, da mesma doença, porém com apresentações clínicas distintas em cães: difusa na Alopecia por Diluição da Cor (ADC) e localizada na Displasia Folicular dos Pêlos Pretos (DFPP). A ADC, também conhecida como Alopecia do Mutante da Cor afeta cães com coloração de pelos considerada “diluída”, uma vez que possuem sombreados de cinza e preto, caracterizando as cores “azuis”, “cinzas”, “castanhas” e “vermelhas. A DFPP afeta cães que apresentam pelagem com mais de uma cor, além da preta, e é confinada às áreas negras da cobertura pilosa. A etiologia destas displasias ainda não foi totalmente elucidada, mas atualmente, a maioria dos autores considera que um defeito ectodérmico, muito provavelmente causado por uma ou mais mutações no, ou próximas, do gene MLPH (melanophilin gene) que codifica a melanofilina, são responsáveis pelo desenvolvimento destas doenças. Também o déficit de MSH (hormônio estimulante da melatonina) já foi preconizado como causa destas anomalias, deixando as células da matriz pilosa expostas à toxicidade dos precursores da melanina. O diagnóstico é embasado na anamnese, sintomas cutâneos, exame tricográfico (microscopia óptica e eletrônica) e histopatologia. Ainda não foi descrito tratamento específico para ambas doenças. Neste artigo, são relatados dois casos clínicos de displasia folicular em cães, atendidos no Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas Veterinárias da UFRGS, um de Alopecia por Diluição da Cor e outro de Displasia Folicular dos Pêlos Pretos.


Keywords


Alopecia; Displasia folicular; Pelos pretos; Cores diluídas; Cães



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.15934

Copyright (c) 2018 Rafael Rodrigues Ferreira, Mauro Luís da Silva Machado, Juliana Aguiar, Andréia Spanamberg, Simone Passos Bianchi, Eduardo Conceição Oliveira, David Driemeier

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.