Avaliação dos ungüentos à base de extratos hexânico ou etanólico das folhas de Momordica Charantia L. sobre as lesões cutâneas experimentais em coelhos

Ana Karinne Paiva Vasconcelos, Adriana Rocha Tomé, Bárbara Sucupira Pereira, Diana Célia Sousa Nunes-Pinheiro

Abstract


Entre as inúmeras plantas empregadas na medicina tradicional destaca-se a

 

Momordica charantia, que vem ganhando notoriedade científica por suas diversas propriedades biológicas e farmacológicas. O objetivo deste trabalho foi investigar a regeneração de lesões cutâneas em coelhos, tratadas diariamente com ungüento contendo os extratos hexânico (EH) e etanólico (EE) das folhas de M.charantia nas concentrações de 10 e 20%, comparadas com o controle (base do ungüento). Lesões cutâneas de cerca de 5mm foram induzidas experimentalmente por um punch, tendo os coelhos sido anestesiados previamente e após 4 (D4) e 14 (D14) dias de tratamento, as lesões foram removidas cirurgicamente e encaminhadas para análise histopatológica. O processo de reparo cutâneo foi avaliado nestes intervalos de tempo através da observação macroscópica, mensuração da área de retração da ferida e avaliação microscópica através da contagem do número de células mononucleares e fibroblastos e dos vasos sanguíneos. O ungüento contendo o EH (10 e 20%) demonstrou ser o mais eficaz por acelerar (P<0,01) o processo de regeneração cutânea. Isto demonstra o potencial farmacológico desta planta para uso Veterinário.


Keywords


Momordica charantia; Cucurbitaceae; Cicatrização cutânea; Análise histopatológica; Observação macroscópica; Coelhos



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.15815

Copyright (c) 2018 Ana Karinne Paiva Vasconcelos, Adriana Rocha Tomé, Bárbara Sucupira Pereira, Diana Célia Sousa Nunes-Pinheiro

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.