Carcinoma Epidermóide no ouvido médio em gato

Heloisa Justen Moreira de Souza, Fernanda Vieira Amorim, Adriana Pereira, Rachel Trani, Raquel Souza Calixto, César Kruger, Ana Maria Reis Ferreira, Elan Cardoso Paes de Almeida

Abstract


O carcinoma epidermóide é uma neoplasia maligna localmente invasiva que pode produzir metástases lentas nos linfonodos regionais e metástases distantes tardiamente. Entretanto a localização do carcinoma epidermóide em ouvido médio e/ou ouvido interno é extremamente rara, pois não são áreas expostas à radiação solar. Uma gata, sem raça definida, esterilizada, com três anos de idade apresentava meneios cefálicos para o lado esquerdo e o ouvido do mesmo lado edemaciado e obstruído por secreção purulenta, além de sinais de paralisia do nervo facial e dos ramos simpáticos do tronco simpático cervical do lado esquerdo. O estudo radiográfico do crânio revelou um aumento na densidade do tecido mole dentro da cavidade timpânica e espessamento da bula óssea, com osteólise no osso temporal. Realizou-se uma ablação total do canal auditivo associada a uma osteotomia lateral da bula timpânica e colocação de dreno. O resultado do exame histopatológico do ouvido externo e médio evelou a presença de carcinoma epidermóide bem diferenciado. O prognóstico se tornou reservado devido às características agressivas da neoplasia. O proprietário optou pelo acompanhamento do animal e tratamento de suporte. A gata veio a óbito dois meses depois apresentando sintomatologia neurológica.


Keywords


Carcinoma epidermóide; Ouvido médio; Gatos



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.15008

Copyright (c) 2018 Heloisa Justen Moreira de Souza, Fernanda Vieira Amorim, Adriana Pereira, Rachel Trani, Raquel Souza Calixto, César Kruger, Ana Maria Reis Ferreira, Elan Cardoso Paes de Almeida

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.