Mortalidade de leitões em aleitamento associada à injeção com penicilina em uma agroindústria no sul do Brasil

Patrícia Schwarz, Marisa Ribeiro de Itapema Cardoso, Juliana Calveyra, Alessandra Blacene Sella, David Driemeier, David Emilio Santos Neves de Barcellos

Abstract


O uso de antimicrobianos, como as penicilinas, é comum na maternidade, como profilático em leitões recém nascidos ou para o tratamento de diversas infecções bacterianas. As penicilinas em suas diferentes formulações (como a penicilin-procaína e amoxicilina) são bastante usadas, por seu espectro compatível com algumas das principais infecções prevalentes em leitões na maternidade. Raramente são registrados casos de intoxicações, cursando com mortalidade de leitões, ou reações anafiláticas. Este trabalho descreve um surto de mortalidade na fase de aleitamento, após administração de produto antimicrobiano à base de penicilina e estreptomicina. Os leitões tratados (157) pertenciam a duas granjas produtoras de leitões, integradas de uma agroindústria no sul do Brasil. Os sintomas presentes foram inquietação, dispnéia, tremores musculares, vômito e diarréia, todos ocorrendo num período máximo de 15 minutos a duas horas após administração do antimicrobiano. A mortalidade (13%) foi considerada decorrente de uma reação de anafilaxia posterior à administração de antimicrobianos à base de penicilina.


Keywords


Anafilaxia; Penicilina; Maternidade; Suínos



DOI: https://doi.org/10.22456/1679-9216.15005

Copyright (c) 2018 Patrícia Schwarz, Marisa Ribeiro de Itapema Cardoso, Juliana Calveyra, Alessandra Blacene Sella, David Driemeier, David Emilio Santos Neves de Barcellos

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.