INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS

UMA EXPERIÊNCIA DE ANÁLISE EM UM CURSO TÉCNICO EM ENFERMAGEM EM TEMPO DE PANDEMIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54909/sp.v6i2.126960

Palavras-chave:

Ensino, Aprendizagem, Inteligência, COVID-19, Pandemia

Resumo

Este artigo tem como objetivo relatar a experiência de uma atividade de ensino baseada na teoria das inteligências múltiplas (IM) de Howard Gardner. Para tanto, foram identificadas as IM dos estudantes de um curso técnico em enfermagem durante a pandemia COVID-19. As IM que foram exploradas por esse trabalho são: linguística, lógico-matemática, espacial, musical, cinestésica, interpessoal, intrapessoal e naturalista. Essas foram desenvolvidas por meio de seis rotação por estações, que é uma metodologia ativa em que cada grupo de estudantes acessa materiais e discute com seus pares assuntos relacionados ao tema segurança e saúde no trabalho. O período da pandemia da COVID-19 fez com que fossem intensificadas as ações de saúde e proteção voltadas à segurança do trabalhador em serviços de saúde. Nesse sentido, cada estação tinha como material, um texto impresso com uma atividade dirigida sendo que o grupo poderia fazer uso de celular para a pesquisa e confeccionar a sua resposta, por fim respondiam ao término da estação por rotação a um questionário de cinco questões avaliativas da experiência. Para detalhar o relato de experiência as produções dos estudantes foram lidas, tabuladas para fins de comparação e permitiram discutir as IM mais recorrentes. Por meio desta atividade foi possível perceber que os estudantes se identificaram com a atividade e com as IM linguística, intrapessoal e interpessoal. Atividades que envolvem as IM de Gardner são importantes de serem abordada na formação de técnicos em enfermagem, pois possibilitam identificar as IM dos futuros profissionais e contribuir para o desenvolvimento de atividades que colaboram para superação de IM que necessitam desenvolver.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Enilda Fontoura dos Santos, Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)

Possui graduação em Ciências da Natureza pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), campus Dom Pedrito (2016), especialização em Docência em Ciências da Saúde pela Pós-Graduação à Distância - Faculdade UnYLeYa (2017) e mestrado em Ensino pela UNIPAMPA, campus Bagé (2022). Atualmente é técnica em Enfermagem da Secretaria Municipal de Saúde de Dom Pedrito, Rio Grande do Sul, Brasil e professora da Escola de Educação Profissional QWERTY

 

Cristiano Corrêa Ferreira, Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pelotas (1999), especialização em Gráfica Digital pela Universidade Federal de Pelotas (2012), especialização em Tecnologias Digitais Aplicadas à Educação pela Uniasselvi (2021), mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Maria (2002) e doutorado em Engenharia de Minas, Metalurgia e de Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009). Professor associado da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Bagé, Rio Grande do Sul, Brasil. Tem experiência nos cursos de graduação, nas áreas de Arquitetura e Urbanismo e Engenharias, com ênfase em Fundamentos de Desenho Técnico e Expressão Gráfica, Engenharia do Produto e Prototipagem, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação, Desenho técnico, Representação do Projeto, Expressão Gráfica, Desenvolvimento do Produto, Produtos Cerâmicos, Modelagem e Prototipagem e Informática. Na pós-graduação, é docente do curso de especialização em modelagem computacional em ensino, experimentação e simulação. É membro do mestrado acadêmico em ensino da UNIPAMPA, atuando no desenvolvimento de produtos educacionais, gamificação, modelagem e prototipagem, DUA e Inteligências Múltiplas, além de ser avaliador institucional da CTAA (Comissão Técnica de Acompanhamento da Avaliação) do INEP - MEC

Renata Hernandez Lindemann, Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)

Possui graduação em Licenciatura Química Habilitação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande (2002), mestrado em Agroquímica pela Universidade Federal de Viçosa (2004) e doutorado em Educação Cientifica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Professora adjunta da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Bagé, Rio Grande do Sul, Brasil. Atua como colaboradora da Rede Latino-Americana de Pesquisa em Educação Química. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino de Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de química, formação de professores, ensino de ciências, construção de conhecimento profissional e educação do campo. Integrante do Grupo de Pesquisa sobre Aprendizagens, Metodologias e Avaliação (GAMA/registrado no Diretório de Grupos do CNPq), que apresenta uma perspectiva inter e transdisciplinar

Downloads

Publicado

2023-01-15

Como Citar

SANTOS, E. F. dos; FERREIRA, C. C.; LINDEMANN, R. H. INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS: UMA EXPERIÊNCIA DE ANÁLISE EM UM CURSO TÉCNICO EM ENFERMAGEM EM TEMPO DE PANDEMIA. Saberes Plurais Educação na Saúde, [S. l.], v. 6, n. 2, 2023. DOI: 10.54909/sp.v6i2.126960. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/saberesplurais/article/view/126960. Acesso em: 22 fev. 2024.

Edição

Seção

Experiências docentes e discentes