Competência em Informação e Mídia no Ensino de História: observações acerca de indicações de obras cinematográficas em meios virtuais

Autores

  • Sabrina Simões Corrêa Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Renata Braz Gonçalves Universidade Federal do Rio Grande - FURG

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245272.370-391

Palavras-chave:

Competência em Informação e Mídia, Ensino de História, Mídias na Educação, Cinema

Resumo

A presente pesquisa objetivou relacionar dados coletados em blogs e sites administrados por professores de História da educação básica com os pressupostos teórico-conceituais da media information literacy a fim de discutir a abordagem dada aos recursos cinematográficos indicados nesses meios virtuais para fins didático-pedagógicos. Quanto à metodologia, esta pesquisa caracteriza-se como um estudo descritivo de cunho quali-quantitativo. A elaboração do estudo se deu através da pesquisa bibliográfica e da pesquisa documental, cujas fontes foram os meios virtuais. A análise foi pautada pelo método de Análise de Conteúdo. No que se refere aos resultados, a pesquisa observou 25 meios virtuais, dos quais nove apresentaram indicações de obras cinematográficas, totalizando 362 filmes distintos. As informações concedidas pelos docentes nos meios virtuais permitiram a identificação de aspectos voltados à competência em informação e mídia, dentre eles: menções relacionadas ao acesso, à avaliação e ao uso dos recursos fílmicos; apontamento de dados referentes à indicação de autoria nas informações postadas nos meios virtuais; observação de informações que admitissem o potencial democrático e positivo do uso das linguagens fílmicas para fins educacionais, bem como o potencial negativo, voltado à ideia de que há intenções comerciais e ideológicas por trás da produção cinematográfica. Conclui-se que é fundamental haver o aprimoramento e o desenvolvimento de habilidades e competências informacionais e midiáticas, uma vez que o acesso a recursos ‘não convencionais’ exige dos indivíduos novas habilidades. Nesse contexto, o bibliotecário se insere como agente mediador na promoção de estratégias para o uso efetivo e ético da informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sabrina Simões Corrêa, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Docente substituta/ Curso de Biblioteconomia/ Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Mestra em História/ Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Renata Braz Gonçalves, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Docente/ Curso de Biblioteconomia/ Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Doutora em Educação/ Universidade Federal de Pelotas - UFPEL.

Referências

ADOROCINEMA. Brasil, 2000. Disponível em: http://www.adorocinema.com/. Acesso em: 2 jul. 2020.

AMAZON COMPANY. Internet Movie Database. Reino Unido: [s. n.], 1990. Disponível em: https://www.imdb.com/. Acesso em: 2 jul. 2020.

AMISTAD. Direção: Steven Spielberg. Produção: Debbie Allen et al. Estados Unidos da América: DreamWorks, 1997. 1 DVD (155 min) color.

A QUEDA! As últimas horas de Hitler. Direção: Oliver Hirschbiegel. Produção: Bernd Eichinger et al. Alemanha: Constantin Film, 2004. 1 DVD (156 min) son., color.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

CARVALHO, Lívia Ferreira de; GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias. Formação continuada de professores e bibliotecários para o letramento informacional: a contribuição da educação a distância. TransInformação, Campinas, v. 30, n. 1, p. 107-119, 2018.

CHERNOBYL. Direção: Bradley Parker. Estados Unidos da América: Alcon Entertainment, 2012. 1 DVD (89 min) son., color.

CINEMATECA BRASILEIRA. Arquivos e coleções. São Paulo: Cinemateca Brasileira, [2020]. Disponível em: http://bases.cinemateca.gov.br/page.php?id=223. Acesso em: 2 jul. 2020.

CONTANDO Histórias. [S. l.], c2016.

CORRÊA, Sabrina Simões; GONÇALVES, Renata Braz. Recursos midiáticos no Ensino de História: desenvolvimento de competências em informação e mídia. In: ENCONTRO INTERNACIONAL FRONTEIRAS E IDENTIDADES, 4., 2018, Pelotas. Anais […]. Pelotas: UFPEL, 2018. p. 157-168.

CRUZADA. Direção: Ridley Scott. Produção: Ridley Scott et al. Reino Unido: Twentieth Century Fox, 2005. 1 DVD (145 min) son., color.

CUPERTINO, Edson Ribeiro. Fatos históricos: blog de História. [S. l.], [2017].

DEUSES do Egito. Direção: Alex Proyas. Produção: Basil Iwanyk et al. Estados Unidos da América: Pyramania, 2016. 1 DVD (127 min) son., color.

DOMINGUES, Joelza Ester. Ensinar História por Joelza Ester Domingues. [S. l.]: Criativito, c2015.

DUDZIAK, Elisabeth Adriana; BELLUZZO, Regina Célia Baptista. Educação, informação e tecnologia na sociedade contemporânea: diferenciais à inovação? Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 4, n. 2, p. 44-51, 2008.

GRIZZLE, Alton et al. Alfabetização midiática e informacional: diretrizes para a formulação de políticas e estratégias. Brasília: UNESCO, 2016.

HISTOSOFIA: blog. [S. l.], c2010.

HOTEL Ruanda. Direção: Terry George. Produção: Sam Bhembe et al. Reino Unido: United Artists, 2004. 1 DVD (121 min), son., color.

LOSSO, Claudia Regina Castellano; CRISTIANO, Marta Adriana da Silva; LUZ FILHO, Silvio Serafim da. Edublogs: a construção e a disseminação do conhecimento de forma colaborativa e cooperativa. In: COSTA, Edemir; RIBAS, Júlio César da Costa; LUZ FILHO, Silvio Serafim da (org.). Mídia, educação e subjetividade: disseminando o conhecimento. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011. p. 43-63.

MARCO de avaliação global da Alfabetização Midiática e Informacional (AMI): disposição e competências do país. Brasília: UNESCO, 2016.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MONTEIRO, Tarcivan. Blog do professor Tarcivan. Paraíba: Blogger, [2017].

MORETTIN, Eduardo Victorio. O cinema como fonte histórica na obra de Marc Ferro. História: questões & debates, Curitiba, n. 38, p. 11-42, 2003.

NAPOLITANO, Marcos. Como usar o cinema em sala de aula. 5. ed. São Paulo: Contexto, 2015.

NÓVOA, Jorge; BARROS, José D’Assunção (org.). Cinema-História: teoria e representações sociais no cinema. 3. ed. Rio de Janeiro: Apicuri, 2012.

OMELETE. Brasil, 2000. Disponível em: https://www.omelete.com.br/. Acesso em: 2 jul. 2020.

O MENINO do pijama listrado. Direção: Mark Herman. Produção: Mark Herman et al. Reino Unido: Miramax, 2008. 1 DVD (94 min), son., color.

PROFESSOR Ferdinando: coisas de História. São José do Rio Preto, [2017].

RODRIGUES, Alessandra Rizzo. Blog de História do 6º e 7º anos. Rio de Janeiro, [2017].

SALES, Rodrigo de; ALMEIDA, Patrícia Pinheiro de. Avaliação de fontes de informação na internet: avaliando o site do NUPILL/UFSC. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 4, n. 2, p. 67-87, 2007.

SILVA, Ana Rita Santiago da. A formação de leitores: da leitura da palavra à leitura do mundo. Revista da FAEEBA: educação e contemporaneidade, Salvador, v. 13, n. 21, p. 173-182, 2004.

TEMPOS modernos. Direção: Charles Chaplin. Produção: Charlie Chaplin. Estados Unidos da América: Charles Chaplin Productions, 1936. 1 DVD (87 min) p & b.

TOMAÉL, Maria Inês et al. Avaliação de fontes de informação na internet: critérios de qualidade. Informação e Sociedade: estudos, João Pessoa, v. 11, n. 2, p. 13-35, 2001.

TUFTE, Birgitte; CHRISTENSEN, Ole. Mídia-educação: entre a teoria e a prática. Perspectiva, Florianópolis, v. 27, n. 1, p. 97-118, 2009.

UNESCO. Padrões de competência em TIC para professores: diretrizes de implementação, versão 1.0. Paris: UNESCO, 2009.

VITORINO, Elizete Vieira; PIANTOLA, Daniela. Dimensões da competência informacional. Ciência da Informação, Brasília, v. 40, n. 1, p. 99-110, 2011.

WILSON, Carolyn et al. Alfabetização midiática e informacional: currículo para formação de professores. Brasília: UNESCO, 2013.

ZANCHETTA JUNIOR, Juvenal. O difícil diálogo entre escola e mídia. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 43, n. 4, p. 1055-1071, 2017.

Downloads

Publicado

2021-03-26

Como Citar

CORRÊA, S. S.; GONÇALVES, R. B. Competência em Informação e Mídia no Ensino de História: observações acerca de indicações de obras cinematográficas em meios virtuais. Em Questão, Porto Alegre, v. 27, n. 2, p. 370–391, 2021. DOI: 10.19132/1808-5245272.370-391. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/105056. Acesso em: 30 set. 2023.

Edição

Seção

Artigo