O estágio supervisionado nos cursos de licenciatura da EAD/UFMS: métodos, resultados e desafios

Daniela Kanashiro, Mirian Lange Noal, Patrícia Graciela da Rocha, Sonia Burigato

Resumo


O presente trabalho objetiva discutir as propostas de estágio vigentes dos cursos de Letras, Matemática e Pedagogia da UFMS, na modalidade a distância. Os estudos justificam-se na medida em que possibilitam a reflexão de nossa prática e nos permitem reavaliar o trabalho. A  pesquisa analisa dados coletados pelo Grupo de Estudos e  Pesquisa de Educação Aberta e a Distância (GEPEAD), referente às percepções do aluno e do tutor de estágio em relação à organização e desenvolvimento das atividades. Fundamentadas nas respostas de cinco questões respondidas pelos tutores e alunos, analisaremos a avaliação feita pelos envolvidos focando: a) a clareza das informações fornecidas pelo curso quanto aos objetivos, procedimentos, relatórios e avaliação de estágio; b) o apoio do tutor de estágio; c) o apoio do supervisor de estágio; d) a atuação do professor orientador; e) a contribuição do estágio para a formação pessoal e profissional. Os resultados nos indicam que, de forma geral, a experiência tem sido satisfatória e que, sobretudo nos cursos a distância, os regulamentos e as orientações precisam ser bastante claros e objetivos, visando a assegurar o cumprimento da legislação, a uniformidade de ações e a qualidade necessária a cursos de formação docente.

Palavras-chave


estágio; educação a distância; tutor; formação docente

Texto completo:

PDF


RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916