Topofilia, Memória E Identidade Na Vila Do IAPI Em Porto Alegre

Letícia Maria Barbosa

Resumo


O objetivo principal desta dissertação é refletir sobre as relações topofílicas na comunidade da Vila do IAPI, Bairro Passo D’Areia, Porto Alegre, RS, e efetivar um estudo de valores das ligações afetivas, ontem e hoje, com a identificação dos moradores ao lugar. As relações topofílicas foram pesquisadas através de documentos, fotos, matérias de jornais e depoimentos de moradores e ex-moradores da Vila. As coletas evidenciam as relações experenciadas no dia-a-dia dos moradores e as representações simbólicas abordadas pelo aspecto afetivo. Foram pesquisados os fatos que determinaram a expansão da indústria para a zona norte da cidade de Porto Alegre e a necessidade da criação de uma vila operária. A Vila do IAPI é caracterizada como área de interesse cultural para a cidade de Porto Alegre pela sua arquitetura e pelo seu valor histórico. Os dados coletados são mediados pela imaginação e por sentimentos e representações simbólicas na construção da cultura e identidade dos indivíduos do lugar.


Texto completo:

Visualizar arquivo PDF


Comissão Editorial
Programa de Pós-Graduação em Geografia Instituto de Geociências Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
Telefone: 55 51 3308 6569
Fax: 55 51 3308 9843
E-mail: paraonde@ufrgs.br