Jesús Martín Barbero e sua condição de cartógrafo da América Latina: entrevista

Maria Patricia Téllez Garzón

Resumo


A entrevista parte da tese de doutorado do professor Jesús Martín-Barbero intitulada A palavra e a ação: por uma dialética da libertação (La palabra y la acción: por una dialéctica de la liberación, no original), escrita em 1972 e publicada recentemente em livro. O ponto chave dessa trajetória foi seu contato e imersão em América Latina a partir de sua apropriação da linguagem como fermenta de libertação – que toma emprestado de Paulo Freire – e estratégia de mediação e de sua aproximação do popular como prática comunicativa. Tudo isso contribui para afiançar sua condição de cartógrafo da comunicação.


Palavras-chave


Comunicação. Cartografia. Jesús Martín-Barbero. Entrevista.

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583201843.5-13



Intexto | E-ISSN 1807-8583

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: intexto@ufrgs.br

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos