O “BLANDENGUE” ARTIGAS E O REGRAMENTO DA FRONTEIRA

Pedro Vicente Stefanello Medeiros

Resumo


RESUMO
Este trabalho objetiva discutir as experiências de regramento da fronteira de Montevidéu com o território luso através da atuação de José Artigas enquanto oficial do “Cuerpo de Blandengues”. Este corpo militar foi uma polícia rural criada pela Coroa espanhola com o objetivo de fiscalizar o contrabando e frear os excessos cometidos por seus agentes. Tais desdobramentos se desenvolveram no bojo das políticas reformistas ibéricas elaboradas para solucionar os problemas relativos aos campos entre o Rio Grande e o Rio da Prata, no último quartel do século XVIII e começos do século XIX. Entre o escopo destas disposições, é possível evidenciar tentativas de melhoramento do aparato fiscal e afirmação das fronteiras, mediante propostas de racionalização da esfera produtiva agropecuária, a consolidação da propriedade individual, introdução de novas técnicas, reordenamento do trabalho e, portanto, o regramento dos trabalhadores.

ABSTRACT
This paper aims to discuss the experiences of the Montevideo boarder regulation with the Portuguese territory through the actions of José Artigas as an officer of the “Corps de Blandengues”. This military corps was a rural police created by the Spanish Crown aiming at controling the contraband and curbing the excesses committed by its agents. These developments have evolved in the wake of the Iberian reformist policies designed to resolve the problems relating to the fields between the Rio Grande and the Rio de La Plata, in the last quarter of the 18th century and early 19th. Among the scope of these provisions, it is possible to show attempts to improve the fiscal apparatus and assurance of borders with proposals of rationalization of the agricultural productive sphere, consolidation of individual property, introduction of new techniques, work reorganization and, therefore, regulations for workers.


Palavras-chave


Palavras-chave: Jose Artigas. Reformismos ibéricos. Fronteira / Keywords: Jose Artigas. Iberian reformisms. Border

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1678-3484 - Qualis: História B3 - Planejamento Urbano B5 - Ciências Sociais Aplicadas B4 - Letras B2. Contato: revistaihgrgs@ufrgs.br