A RELAÇÃO ENTRE SUPORTE À APRENDIZAGEM E IMPACTO DE TREINAMENTO NO TRABALHO

Camila Spadotto Balarin, Thaís Zerbini, Lara Barros Martins

Resumo


Dentre as variáveis que influenciam a efetividade de ações de Treinamento, Desenvolvimento e Educação (TD&E), destacam-se, principalmente, as contextuais. Visto isso, estudou-se a relação entre as variáveis: Suporte à Aprendizagem – percepção de apoio e suporte psicossocial à aprendizagem natural ou induzida no ambiente de trabalho, e Impacto do Treinamento no Trabalho – influência do que foi aprendido em ações de TD&E no desempenho geral, nas atitudes e motivação do indivíduo. Para a coleta de dados, utilizaram-se duas escalas validadas e fidedignas disponíveis na literatura nacional: Suporte à Aprendizagem (33 itens, escala de frequência de 0 a 10, α=0,96) e Impacto de Treinamento no Trabalho (12 itens, escala de concordância de 1 a 5, α=0,90). A coleta de dados foi realizada presencial e virtualmente em três organizações de natureza privada, após duas a quatro semanas do término do treinamento, totalizando 83 questionários respondidos referentes a sete treinamentos ofertados. A amostra é composta por 61 homens e 22 mulheres, de 18 a 64 anos de idade, sendo que 53% possui ensino superior completo. Realizaram-se análises exploratórias e descritivas dos dados, e análises de correlação, a fim de avaliar o grau de relacionamento entre as duas variáveis. A Escala de Suporte à Aprendizagem apresentou médias entre 3,37 e 8,12, alto desvio-padrão e alta variação nas respostas mínimas e máximas, indicando que os respondentes avaliaram os itens de maneira divergente. As médias das respostas da Escala de Impacto de Treinamento no Trabalho variaram entre 3,65 e 4,39, e apresentaram baixo desvio-padrão, porém a variação das respostas mínima e máxima é alta, na maioria dos casos, indicando que alguns respondentes não concordam com as afirmações. Os participantes percebem moderadamente o Suporte à Aprendizagem na organização e julgam ter ocorrido Impacto de Treinamento no Trabalho. As variáveis apresentaram correlação significativa e moderada (r=0,53), o que corrobora os achados da literatura relacionados ao suporte psicossocial, mas ainda são necessárias mais pesquisas relacionadas ao Suporte à Aprendizagem, a fim de continuar a verificação de evidências de validade da escala de Suporte à Aprendizagem e definir e distinguir melhor o conceito em relação a outros conceitos correlatos.


Palavras-chave


Avaliação de treinamento; Suporte à Aprendizagem; Impacto de Treinamento no Trabalho

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




REAd - Revista Eletrônica de Administração 

Escola de Administração - UFRGS |

Rua Washington Luiz, 855 - 1° Andar - Porto Alegre/RS - Brasil | CEP: 90010-460

Correio eletrônico: ea_read@ufrgs.br