O TEXTO ESCRITO E ORAL LETRADO NA UNIVERSIDADE: ELEMENTOS PARA UMA ABORDAGEM ENUNCIATIVA

Giovane Fernandes Oliveira

Resumo


Este artigo objetiva responder à seguinte questão: como se constituem enunciativamente a escrita e a oralidade letrada na universidade? Para tanto, inicialmente realiza uma incursão pelos campos dos Estudos dos Letramentos Acadêmicos e da Teoria da Enunciação de Émile Benveniste, incursão esta que evidencia a relevância social de pesquisas acerca das práticas letradas acadêmicas e o potencial de um diálogo interdisciplinar entre tais pesquisas e as teorias textuais, discursivas e enunciativas. Em seguida, a partir da perspectiva enunciativa benvenistiana, desenvolve uma concepção de escrita e oralidade acadêmicas como formas complexas do discurso letrado por meio das quais o locutor-aluno apropria-se dos conhecimentos disciplinares e das convenções escriturais próprias ao seu campo do saber, instaurando-se, assim, como sujeito de linguagem nas culturas de escrita acadêmica.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2238-8915.80829

Direitos autorais 2018 Giovane Fernandes Oliveira

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

E-ISSN: 22388915 / ISSN Impresso: 0102-6267

LICENÇA

Os artigos publicados na revista estão sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

INDEXADORES

  

     

   

 

           Imagen relacionada

   

Flag Counter