Repressão, adaptação, reinvenção: o download de música como lazer e negócio na internet (2006-2013)

Juliana de Alencar Viana, Rafael Fortes Soares

Resumo


Este trabalho apresenta resultados de pesquisa que investigou como o download de música foi representado nas notícias do portal G1, entre os anos de 2006 e 2013. A pesquisa analisou 713 notícias com auxílio do programa Nvivo10. Observamos que houve um momento de repressão e perseguição aos usuários, fechamento de sites e redes de compartilhamento de arquivos por infringirem a Lei de Direitos Autorais; posteriormente houve uma adaptação da indústria, pela liberação de música digital gratuita em troca de receitas de publicidade baseadas em audiência. Por fim, houve uma reinvenção, por parte da indústria fonográfica, da música enquanto negócio, através da ampliação e diversificação dos canais de consumo, como assinatura de serviços online e games temáticos.

Palavras-chave


Download de música. G1. Notícia. Mídia. Criminalização.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19132/1807-8583201842.188-213



Intexto | E-ISSN 1807-8583

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: intexto@ufrgs.br

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos