A leitura e outros processos de consumo cultural: entrevista com Néstor García Canclini

Dulce H. Mazer

Resumo


Nesta entrevista, o filósofo argentino Néstor García Canclini, radicado no México desde 1976, apresenta seu olhar sobre o atual contexto do consumo de leitura, sobretudo desde as perspectivas da cultura digital. Entre seus mais recentes estudos, se incluem as pesquisas sobre jovens, culturas urbanas e redes digitais e as perspectivas da antropologia dos leitores. Dedicado a temas como globalização, identidades nacionais, culturas híbridas e estudos de consumo cultural, é um autor de grande influência nas pesquisas latino-americanas, principalmente naquelas que abordam as intersecções entre comunicação, cultura e sociedade. Na década de 1990, García Canclini começou a delinear uma teoria sociocultural interdisciplinar do consumo, que abandonava a ideia do consumo como um lugar de decisões puramente irracionais. Seus aportes congregam distintas linhas de interpretação e assinalam possíveis pontos de confluência para a compreensão dos processos de comunicação e recepção de bens simbólicos.

Palavras-chave


Antropologia dos leitores. Consumo cultural. Estudos culturais latino-americanos. Néstor García Canclini.

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: http://dx.doi.org/10.19132/1807-8583201738.4-20



Intexto | E-ISSN 1807-8583

Classificação Qualis: B1 - Ciências Sociais Aplicadas, Interdisciplinar, e História | B2 - Planejamento Urbano e Regional | B3 - Antropologia/Arqueologia, e Administração, Ciências Contábeis e Turismo. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: intexto@ufrgs.br

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos