Affordances indutoras de inovação no jornalismo móvel de revistas para tablets

Adalton dos Anjos Fonseca, Suzana Oliveira Barbosa

Resumo


Este artigo examina a inovação no jornalismo móvel a partir do conceito de affordance aplicado no estudo de revistas para tablets em três momentos definidos, entre 2010 e 2016. Criou-se uma ferramenta metodológica de análise com o objetivo de explorar os quatro conjuntos de affordances identificados: operação, coleção, compartilhamento e multimidialidade. A partir destes grupos, pontuou-se a emersão de affordances inovadoras possibilitadas pelos recursos e funcionalidades dos tablets e que também permitem interações inéditas ou renovadas na relação entre usuários e revistas. Entre elas estão: ouvir, assistir, jogar, pesquisar, armazenar. A comparação entre as revistas analisadas que mais se destacaram pela inovação também revelou uma tendência de estabilização de um formato para exploração dos recursos e funcionalidades do tablet, apesar de reconhecermos que há possibilidades ainda não exploradas pelos produtos que têm o potencial de induzir mais inovações.


Palavras-chave


Jornalismo Móvel. Affordances. Inovação. Revistas para tablets.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583201842.71-95



Intexto | E-ISSN 1807-8583

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: intexto@ufrgs.br

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos