O discurso da inovação e da sustentabilidade: A constituição do ethos discursivo em um editorial da Revista Dinheiro

Mauro Maia Laruccia, Valdenise Leziér Martyniuk

Resumo


O trabalho investiga a constituição do ethos discursivo e sua contribuição para a mobilização dos conceitos de inovação e sustentabilidade, no mesmo instante em que aborda o desempenho da autoridade do ethos na organização e funcionamento do discurso empresarial. Apoia-se na Análise de Discurso (AD) de linha francesa, nas perspectivas propostas por Maingueneau, que postula ser o sujeito enunciador capaz de revelar uma imagem de si por meio de índices e mecanismos linguístico-discursivos, ao estabelecer uma inter-relação com seu co-enunciador. O objetivo central desta comunicação é examinar a forma de desvelamento do ethos do enunciador em um editorial, que trata da inovação e sustentabilidade -, publicado na Revista Dinheiro de agosto de 2011 e intitulado “Responsabilidade social e meio ambiente”. Conclui-se que o ethos discursivo é um discurso de intencionalidades e não de realizações ou de ações efetivas quanto à sustentabilidade e à inovação.


Palavras-chave


Análise de Discurso. Ethos. Discurso empresarial. Inovação. Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19132/1807-8583201739.162-176



Intexto | E-ISSN 1807-8583

Classificação Qualis: B1 - Ciências Sociais Aplicadas, Interdisciplinar, e História | B2 - Planejamento Urbano e Regional | B3 - Antropologia/Arqueologia, e Administração, Ciências Contábeis e Turismo. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: intexto@ufrgs.br

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos