FUNK BREGA E FUNK OSTENTAÇÃO: concepções de identidade, gênero e consumo na obra imagética de Bárbara Wagner.

Amanda Areias, Ingrid Hötte Ambrogi, Mateus Henrique Rodrigues Teixeira

Resumo


Resumo

 

Esse estudo se apoiará em duas obras da fotógrafa Bárbara Wagner – a série fotográfica “Mestres de Cerimônias” (2016) e o curta-metragem “Estás Vendo Coisas” (2016) – que foram expostas, recentemente, na 32ª Bienal de São Paulo. Pretende-se compreender, por meio desses trabalhos, as tensões entre realidade e ficção, documento e obra de arte; perceber os jogos de identidade, gênero e consumo da cena funk brega e funk ostentação de Recife; bem como, realizar, uma comparação entre os jogos identitários vistos nas fotografias e no curta-metragem. Nesse sentido, serão realizadas descrições e interpretações das fotografias e das cenas fílmicas de Wagner, comparações com os videoclipes que deram origem a elas, digressões históricas e correlações bibliográficas. A obra imagética de Bárbara Wagner revelou ser um objeto complexo que emana em sua superfície, simultaneamente, realidades e ficções, além de expor, acentuar e desconstruir as concepções de identidade, gênero e consumo pertencentes aos movimentos funk brega e funk ostentação de Recife.

Palavras-Chave: Bárbara Wagner. Fotografia. Filme. Funk. Sociedade Contemporânea.

 

“FUNK BREGA” AND “FUNK OSTENTAÇÃO”: Conceptions of Identity, Gender and Consumption in Barbara Wagner's Imagery.

 

Abstract

 

The present essay is based on two works by photographer Bárbara Wagner - the photo series “Masters of Ceremony” (2016) and the short film “You Are Seeing Things” (2016) - which were recently exhibited at the 32nd São Paulo Biennial. It aims to understand, through these works, the tensions between reality and fiction, between document and work of art; to perceive the games of gender, identity and consumerism of Recife’s “funk brega” and “funk ostentação” scene; and finally to make a comparison between identity games seen in the photographs and in the short film. In this sense, the essay will make descriptions and interpretations of Wagner's photographs and film scenes, comparisons with the video clips that sparked them, historical reviews and bibliographic correlations. Barbara Wagner's imagery has revealed to be a complex object that simultaneously presents realities and fictions on the surface, while exposing, accentuating and deconstructing deeper conceptions of gender, identity and consumerism belonging to Recife’s movements of “funk brega” and “funk ostentação”.

Keywords: Bárbara Wagner. Photography. Film. Funk. Contemporary Society.

Texto completo:

351-378 PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.85255

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - NUPECS/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191