“Todo mundo brinca, todo mundo invade, o urubu cheiroso é pra qualquer idade”: danças, machinhas e festas no “bloco urubu cheiroso” (bragança-pa)

Alexandre de Brito Alves

Resumo


Este ensaio alterca acerca de como o bloco de rua “Urubu Cheiroso”, criado por estudantes da Universidade Federal do Pará (UFPA) no início da década de 1990, alcançou aceitação dos foliões no carnaval de Bragança-PA. Assim sendo, devido a sua popularidade, contextualizo a respeito de quais foram os fatores que acarretaram à sua criação, tal qual o crescimento de sua anuência por uma série de sujeitos sociais que residem na cidade em tela, e que se deslocam a esta festa para participar das machinhas, que ocorrem em fevereiro, anualmente.

Palavras-chave: Carnaval. “Urubu Cheiroso”.  Bloco de rua.  

"Everyone plays, everyone invades, the vulture is fragrant for any age": dances, little clubs and parties in the "bloco urubu cheiroso" (bragança-pa)

Abstract

"Everyone is playing, everyone invades, the Urubu Cheiroso is for any age": dances, little clubs and parties in the "Bloco Urubu Cheiroso" (Bragança-PA). This essay discusses how the "Urubu Cheiroso" street block, created by students of the Federal University of Pará (UFPA) in the early 1990s, achieved acceptance of the revelers at the carnival of Bragança-PA. Therefore, due to its popularity, I contextualize about what were the factors that led to its creation, such as the growth of its consent by a series of peoble residing in the city on canvas.

Keywords: Carnival, "Urubu Cheiroso". Block of street.

 


Texto completo:

205-220 PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22456/1984-1191.79131

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - NUPECS/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191