Os youtubers e as relações de identificação e projeção no imaginário infanto-juvenil contemporâneo: discussões a partir da ética da estética

Heloisa Juncklaus Preis Moraes

Resumo


O que marca uma época em determinada instância social é o que chamaremos de espírito do tempo. Mais do que o uso das tecnologias no nosso cotidiano, temos percebido a naturalização de certas práticas, imagens-mundo e ações. Pesquisa realizada, através de culturanálise de grupo, com crianças de duas escolas públicas no sul de Santa Catarina mostrou dados equânimes sobre uma prática que consideramos estar inserida no imaginário infanto-juvenil contemporâneo. As crianças vivenciam a tecnologia, acessam, curtem, apropriam-se e se projetam a partir das cenas do virtual, mas, principalmente, o espírito do tempo, unânime nas crianças ouvidas nos dois ambientes, é que o melhor da tecnologia é o YouTube e os canais de youtubers. Estes apresentam-se como símbolos de identificação e projeção infanto-juvenil, interpelando representações mentais que são substrato de pensamentos e ações, presentes e futuras. Como complemento à discussão, temos relato de um dos youtubers mais seguidos pelo público da pesquisa e de maior sucesso no Brasil.

Palavras-chave: Imaginário. Identificação. Projeção. Youtubers. Ética da estética.

The youtubers and the relations of identification and projection in the contemporary infanto-juvenile imaginary: discussions based on the ethics of aesthetics

Abstract

What marks an epoch in a particular social instance is what we will call the spirit of time. More than the use of technologies in our daily life, we have perceived the naturalization of certain practices, world-images and actions. A study carried out through group cultural analysis with children from two public schools in the south of Santa Catarina showed equanimous data about a practice that we consider to be inserted in the contemporary children´s imaginary. The children experience the technology, access, enjoy, appropriate and project themselves from the scenes of the virtual, but above all, the spirit of time, unanimous in children heard in both environments, is that the best of technology is YouTube and the channels of youtubers. These present themselves as symbols of identification and projection of children and youth, interpellating mental representations that are substrate of thoughts and actions, present and future. As a complement to the discussion, we have one of the most popular youtubers followed by the most successful research public in Brazil.

Key words: Imaginary. Identification. Projection. Youtubers. Ethics of aesthetics.

 


Texto completo:

182-196 PDF


Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - NUPECS/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191