Arquitetura Mbyá-Guarani em área de Mata Atlântica: Tipologia arquitetônica da Casa de Xaxim do Tekoá Nhüu Porã - Maquiné/RS

Letícia Thurmann Prudente

Resumo


A arquitetura dos Mbyá-Guarani contribui para a valorização e o diálogo sobre os ambientes e as comunidades autóctones que resistem aos modelos ocidentais de desenvolvimento. O objetivo desse trabalho é apresentar as características da tipologia arquitetônica da casa de xaxim existente no Tekoá Nhüu Porã, no município de Maquiné/ RS. A metodologia foi baseada no método etnográfico de levantamento de dados, entre 2002 e 2006, em 17 comunidades do RS e nesse estudo de caso. A sistematização dos dados de campo foi relacionada aos referenciais teóricos pertinentes, objetivando um diálogo entre a ótica dos saberes acadêmicos e autóctones. São descritos os elementos da tipologia arquitetônica, materiais, tecnologia e processo construtivo, a partir do contexto socioespacial e ambiental desse tekoá, com base no método etnográfico de pesquisa. O trabalho visa suprir a lacuna acadêmica existentes sobre essa temática e visa contribuir como suporte técnico para políticas públicas que busquem uma maior adequação social e cultural às especificidades desse povo indígena.

Palavras-chave: Arquitetura autóctone. Construção indígena. Casa tradicional Mbyá-Guarani.

Mbyá-Guarani architecture in Atlantic Forest área: Architectural typology of the house of Tekoá Nhüu Porã – Maquiné/ RS

Abstract

The architecture of the Mbyá-Guarani contributes to the valorization and the dialogue on the environments and the autochthonous communities that resist the western models of development. The objective of this work is to present the characteristics of the architectural typology of the house of xaxim existing in the Tekoá Nhüu Porã, in the Maquiné/ RS. The methodology was based on the ethnographic method of data collection, between 2002 and 2006, in 17 communities of RS and in this case study. The systematization of the field data was related to the pertinent theoretical references, aiming at a dialogue between the optics of the academic and autochthonous knowledge. The elements of the architectural typology, materials, technology and constructive process are described, based on the socio-spatial and environmental context of this tekoá, based on the ethnographic method of research. The aim of this work is to fill the existing academic gap on this subject and to contribute as technical support to public policies that seek a greater social and cultural adequacy to the specificities of these indigenous people.

Key words: Autochthonous architecture. Indigenous construction. Traditional house Mbyá-Guarani.

 


Texto completo:

280-326 PDF


Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - NUPECS/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191