O “ESTAR SENDO” EM PONCIÁ VICÊNCIO: IDENTIDADES EM TRÂNSITO

Inara de Oliveira Rodrigues, Maiane Pires Tigre

Resumo


Investiga-se a noção de identidades em trânsito no romance Ponciá Vicêncio, de Conceição Evaristo, reconhecendo-se a noção de identidade como um “estar sendo”, como o desvelamento de uma identidade em movimento, que se constitui enquanto constructo sempre inconcluso de trocas socioculturais. De cunho bibliográfico, o estudo insere-se no âmbito teórico dos Estudos Culturais, questiona as definições de literatura negra e afro-brasileira, problematizando, como principal resultado, as fissuras intrínsecas do processo histórico e familiar vivido pela protagonista Ponciá, determinantes na sua constituição identitária.


Palavras-chave


Romance afro-brasileiro; Identidade; Estudos Culturais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22456/2236-6385.67863



Indexadores:       

Site da UFRGS

Site do Programa de Pós-Graduação do Instituto de Letras

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)