Significados do cuidado de enfermagem ao paciente em morte encefálica potencial doador

Aline Lima Pestana Magalhães, Alacoque Lorenzini Erdmann, Francisca Georgina Macêdo de Sousa, Gabriela Marcellino de Melo Lanzoni, Elza Lima da Silva, Ana Lúcia Schaefer Ferreira de Mello

Resumo


Objetivo: Compreender os significados do cuidado ao paciente em morte encefálica potencial doador para enfermeiros, e construir um modelo teórico.
Método: Estudo qualitativo sustentado na Teoria Fundamentada nos Dados, realizado em dezembro/2010 a junho/2011, por meio de entrevista aberta com 12 enfermeiros de Hospital Universitário, distribuídos em três grupos amostrais.
Resultados: O fenômeno Desvelando relações e interações múltiplas do enfermeiro na complexidade do cuidado ao paciente em morte encefálica potencial doador sustenta-se por cinco categorias e emerge pela necessidade de organização das práticas de cuidado no contexto da unidade de terapia intensiva, considerando as interveniências na relação entre enfermeiros, equipe e família e revela desafios para o enfermeiro diante da complexidade do processo de cuidar.
Conclusões: O significado do cuidado ao paciente em morte encefálica potencial doador está em entender sua complexidade para além de um ser morto, mas como gerador de vida por meio da doação de órgãos.
Palavras-chave: Cuidados de enfermagem. Morte encefálica. Obtenção de tecidos e órgãos. Relações enfermeiro-paciente. Cuidados críticos.


Palavras-chave


Cuidados de enfermagem. Morte encefálica. Obtenção de tecidos e órgãos. Relações enfermeiro-paciente. Cuidados críticos.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447