Adolescentes que vivem com HIV/aids: experiências de sexualidade

Graciela Dutra Sehnem, Eva Neri Rubim Pedro, Lúcia Beatriz Ressel, Maria Eduarda Deitos Vasquez

Resumo


Objetivo: Analisar as experiências de adolescentes que vivem com HIV/aids acerca da sexualidade. Método: Pesquisa qualitativa realizada em um Serviço de Atendimento Especializado, de um município do Rio Grande do Sul, com 15 adolescentes que vivem com HIV/aids, no ano de 2014. Utilizou-se entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados por meio da proposta operativa de Minayo. Resultados: As primeiras interações afetivas dos adolescentes foram experienciadas por meio do ficar e namorar, fortemente, influenciadas pela valência diferencial de gênero nas construções familiares. As experiências de relações sexuais foram decorrentes da dimensão afetiva do relacionamento e não se davam sem preocupação para os adolescentes. Administrar a condição de soropositividade em seus relacionamentos afetivos mobilizava o seu cotidiano. Conclusão: O aprendizado da sexualidade extrapola o acesso às informações, decorrendo das experiências vivenciadas, do momento e dos distintos cenários em que elas se inserem.

Palavras-chave: Sexualidade. Síndrome da imunodeficiência adquirida. Saúde do adolescente. Enfermagem.


Palavras-chave


Sexualidade. Síndrome da imunodeficiência adquirida. Saúde do adolescente. Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447