Classificação de pacientes e dimensionamento de profissionais de enfermagem: contribuições de uma tecnologia de gestão

Lara Vandresen, Denise Elvira Pires de Pires, Jorge Lorenzetti, Selma Regina de Andrade

Resumo


Objetivo: Aplicar recursos da tecnologia PRAXIS® para classificação de pacientes e dimensionamento de profissionais de enfermagem em unidade de internação de hospital universitário. Método: Pesquisa Convergente Assistencial seguindo as fases de concepção e instrumentação – definidos tema e objetivo da pesquisa, realização em uma unidade hospitalar de clínica médica envolvendo 633 participantes; perscrutação - classificação dos pacientes durante 30 dias de junho de 2016, seguido de dimensionamento; análise e interpretação dos resultados-elaborada com suporte da teorização de gestão em enfermagem hospitalar. Resultados: Realizadas 633 classificações e encontrados 29,38% pacientes em cuidados mínimos, 35,71% cuidados intermediários, 33,02% alta dependência, 1,42% semi-intensivos e 0,47% cuidados intensivos. Para realização do dimensionamento utilizou-se duas referências; em ambas a equipe disponibilizada mostrou-se deficitária. Conclusão: Classificação de pacientes e dimensionamento de profissionais de enfermagem estão diretamente relacionados, são indispensáveis para gestão em enfermagem e de difícil realização cotidiana. Tecnologias informatizadas são úteis para realização destas atividades.

Palavras-chave: Administração hospitalar. Administração de Recursos Humanos. Qualidade da assistência à saúde. Enfermagem.


Palavras-chave


Administração hospitalar. Administração de Recursos Humanos. Qualidade da assistência à saúde. Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447