Referenciais teóricos e instrumentos para avaliação do pensamento crítico na enfermagem e na educação

Fernando Riegel, Maria da Graça Oliveira Crossetti

Resumo


Objetivo: Identificar referenciais teóricos e instrumentos para a avaliação do pensamento crítico a fim de embasar estudos na enfermagem e educação.

Método: Revisão integrativa, com busca de artigos científicos nos idiomas português, inglês e espanhol, nas bases de dados LILACS, SCIELO, IBECS, MEDLINE/PubMed e SCOPUS, utilizando os descritores: “pensamento”, “ensino” e “enfermagem” ou os respectivos termos em inglês. Encontraram-se 3147 artigos; foram selecionados 23 artigos publicados entre 2010 e 2015.

Resultados: 14 (60,2%) estudos analisados utilizaram o referencial de Facione para o embasamento das pesquisas. Identificaram-se 8 (34,4%) estudos utilizando diferentes instrumentos de avaliação do pensamento crítico, aplicados na enfermagem e educação.

Conclusões: A maioria dos estudos analisados utilizou o referencial de Facione. Dos instrumentos de avaliação, houve destaque do California Critical Thinking Skills Test (CCTST) e Watson – Glaser Critical Thinking Appraisal; em relação às habilidades de pensamento crítico, ambos concentram a avaliação nas habilidades cognitivas de pensamento crítico.

Palavras-chave: Pensamento. Ensino. Avaliação. Enfermagem. Tomada de decisões.


Palavras-chave


Pensamento. Ensino. Avaliação. Enfermagem. Tomada de decisões.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447