Percepção do usuário no autocuidado de úlcera em membros inferiores

Anelise Bassedas Garcia, Patrícia Venzon Müller, Potiguara de Oliveira Paz, Êrica Rosalba Mallmann Duarte, Dagmar Elaine Kaiser

Resumo


Objetivo: Conhecer a percepção do usuário no autocuidado de úlcera em membros inferiores.

Método: Estudo qualitativo, exploratório e descritivo, realizado com 10 usuários atendidos no Programa de Assistência Complementar de um Ambulatório de Feridas de Canoas (RS). A coleta dos dados deu-se entre outubro a novembro de 2016, por meio de informações contidas nos prontuários dos usuários e de entrevista semiestruturada.

Resultados: A discussão dos resultados deu-se mediante a Análise Temática de Conteúdo, constituindo três categorias temáticas: autocuidado e o convívio com a úlcera, déficit de autocuidado e apoio ao usuário com úlcera e autocuidado e a rede de atenção no cuidado da úlcera, fundamentadas na Teoria de Enfermagem de Déficit de Autocuidado.

Conclusões: O autocuidado resulta do diálogo entre usuário/enfermeiro/profissionais da saúde e do vínculo por eles estabelecido para um cuidado compartilhado, sendo o apoio de familiares e da rede de serviços um facilitador ou limitador do cuidado.

Palavras-chave: Autocuidado. Serviços de saúde. Cuidados de enfermagem. Teoria de enfermagem. Ferimentos e lesões.


Palavras-chave


Autocuidado. Serviços de saúde. Cuidados de enfermagem. Teoria de enfermagem. Ferimentos e lesões.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447