Prurido no paciente em hemodiálise: associação com ingestão de fósforo e nível sérico de cálcio

Jéssica Dantas de Sá Tinôco, Maria das Graças Mariano Nunes de Paiva, Beatriz Medeiros de Macedo, Marcelly Santos Cossi, Millena Freire Delgado, Ana Luisa Brandão de Carvalho Lira

Resumo


Objetivo: Analisar a associação entre a ocorrência do prurido e a adesão à dieta prescrita, indicadores bioquímicos da função renal e a qualidade da hemodiálise, em pacientes renais crônicos. Método: Estudo transversal, realizado em uma clínica de diálise no Nordeste do Brasil, com 200 pacientes submetidos à hemodiálise, no primeiro semestre de 2015. Para análise dos dados fez-se uso da estatística inferencial, através dos testes de Qui-Quadrado e Exato de Fisher; e teste de U de Mann Whitney. Resultados: O prurido esteve presente em 51% da amostra, associando-se estatisticamente com o consumo de fósforo (P=0,024) e a elevação do cálcio sérico (P=0,009). Conclusão: O prurido em pacientes renais crônicos submetidos à hemodiálise sofre influência da não adesão adequada à dieta prescrita, além da elevação de indicadores bioquímicos da função renal.

Palavras-chave: Prurido. Diálise renal. Insuficiência renal crônica. Qualidade de vida. Enfermagem.


Palavras-chave


Prurido. Diálise renal. Insuficiência renal crônica. Qualidade de vida. Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447