Estrutura conceptual do envelhecimento em diferentes etnias

Jossiana Wilke Faller, Elen Ferraz Teston, Sonia Silva Marcon

Resumo


Objetivo: Elaborar uma estrutura conceptual que explique como idosos de diferentes culturas vivenciam o envelhecimento, formulam conceitos e atribuem valores ao processo de envelhecer.

Método: Pesquisa de abordagem qualitativa, realizada com 33 idosos, em município da tríplice fronteira. Os dados foram coletados no período entre fevereiro e agosto de 2011, utilizando como estratégia teórico-metodológica o Interacionismo Simbólico e a Grounded Theory.

Resultados: Identificou-se o tema central “Tendo que envelhecer: as práticas socioculturais direcionando o envelhecimento em diferentes etnias”,  constituído por subprocessos que caracterizam os conceitos estruturais do estudo: A velhice concebida por multifatores (físicos, biopsíquicos e socioculturais); Vivenciando o envelhecer no processo de adaptação cultural; Vivenciando o envelhecer como a continuidade da vida; Redefinindo os papeis sociais e; A cultura influenciando hábitos e costumes no cuidado à saúde.

Conclusões: A experiência de envelhecer revelou-se um processo singular a cada indivíduo e os valores atribuídos ao mesmo são influenciáveis pela cultura.

Palavras-chaves: Idoso. Envelhecimento. Cultura. Enfermagem.


Palavras-chave


Idoso. Envelhecimento. Cultura. Enfermagem.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447