Acurácia do diagnóstico de enfermagem “disposição para melhora da esperança” em pacientes renais crônicos

Renan Alves Silva, Geórgia Alcântara Alencar Melo, Joselany Áfio Caetano, Marcos Venícios Olveira Lopes, Howard Karl Butcher, Viviane Martins da Silva

Resumo


Objetivo: Analisar a acurácia do diagnóstico “Disposição para melhora da Esperança” em pacientes renais crônicos.
Método: Estudo transversal com 62 pacientes em clínica de hemodiálise entre agosto a novembro de 2015. Utilizou-se a Escala de Esperança de Herth para a construção das definições das características definidoras da North American Nursing Diagnosis Association International. Analisaram-se medidas de sensibilidade, especificidade, valor preditivo, razão de verossimilhança e odds ratio das características definidoras do diagnóstico.
Resultados: 82,22% apresentaram o diagnóstico. Verificou-se que as características definidoras “Expressa desejo de intensificar a coerência entre expectativas e desejos” e “Expressa o desejo de reforçar a resolução de problemas para alcançar as metas” aumentou em onze e cinco vezes, respectivamente, a chance de possuírem o diagnóstico.
Conclusão: “Expressa desejo de intensificar a coerência entre expectativas e desejos” e “Expressa o desejo de reforçar a resolução de problemas para alcançar as metas” apresentaram boas medidas de acurácia.
Palavras-chave: Esperança. Insuficiência renal crônica. Diagnóstico de enfermagem. Estudos de validação. Confiabilidade dos dados.


Palavras-chave


Esperança; Insuficiência Renal Crônica; Diagnóstico de Enfermagem; Estudos de validação.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447