Ambiguidade do cuidado na vivência do consumidor de drogas

Edite Lago da Silva Sena, Mitze Lopes Araújo, Bárbara Santos Ribeiro, Vanessa Thamyris Carvalho Santos, Sâmia de Carliris Barbosa Malhado, Carine de Jesus Soares, Patrícia Anjos Lima de Carvalho

Resumo


Objetivo: Compreender a percepção de usuários de um Centro de Atenção Psicossocial sobre o cuidado no contexto do consumo de drogas.
Métodos: Estudo fundamentado na Fenomenologia de Maurice Merleau-Ponty, desenvolvido no segundo semestre do ano de 2015. Foram realizados dois encontros de Grupo Focal, com dez usuários de um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas. Os dados foram submetidos à técnica Analítica da Ambiguidade.
Resultados: O consumo de drogas ora proporciona ao consumidor sensações de prazer, ora contribui para a ocorrência de prejuízos biopsicossociais e/ou novas possibilidades de relação com a droga.
Conclusões: O consumo de drogas constitui-se em um processo ambíguo, que corresponde à percepção de diferentes perfis de cuidado na relação do consumidor com a droga. Cabe aos profissionais de saúde reconhecer as diversas possibilidades de cuidado e favorecer a construção de projetos terapêuticos baseados na escuta e respeito às necessidades dos consumidores de drogas.
Palavras-chave: Transtornos relacionados ao uso de substâncias. Saúde mental. Filosofia em enfermagem. Drogas ilícitas.


Palavras-chave


Transtornos relacionados ao uso de substâncias; Saúde Mental; Filosofia em Enfermagem; Drogas ilícitas.

Texto completo:

Português English


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447