Representação da violência doméstica contra a mulher: comparação entre discentes de enfermagem

Camila Daiane Silva, Vera Lúcia de Oliveira Gomes, Adriana Dora da Fonseca, Marcos Tosoli Gomes, Ceres Braga Arejano

Resumo


Objetivos: Identificar e comparar a estrutura e conteúdo das representações da violência doméstica contra a mulher entre discentes das séries iniciais e finais de um curso de graduação em Enfermagem. Métodos: Estudo qualitativo, realizado entre agosto/novembro de 2014, em Rio Grande/RS, com 132 discentes de enfermagem, sendo 71 das séries iniciais e 61 das finais. Colheram-se os dados por meio de evocações e entrevistas; para o tratamento utilizaram-se o software EVOC e análise de conteúdo. Aprovação sob o Parecer 109/2014. Resultados: Em comum no núcleo central figuram os termos violência, covardia, desrespeito e dor. O primeiro grupo evocou ainda tristeza e o segundo, violência-física. Conclusão: A representação tem conotação negativa, com discreta diferenciação. As discentes das séries finais se fundamentam no conhecimento reificado e possuem a representação estruturada, com conceito, imagem e atitude. Espera-se contribuir para que as discentes atuem na prevenção, identificação e intervenção junto às vítimas de violência.

Palavras-chave: Violência doméstica. Violência contra a mulher. Estudantes de enfermagem. Programas de graduação em enfermagem. Enfermagem.


Palavras-chave


Violência doméstica. Violência contra a mulher. Estudantes de enfermagem. Programas de graduação em enfermagem. Enfermagem.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447