Lean supply chain management: uma revisão sistemática da literatura das principais práticas, barreiras e fatores contextuais inerentes à sua implementação

Satie Ledoux Takeda Berger, Guilherme Luz Tortorella

Resumo


Com a intensa competição de negócios, muitas empresas têm buscado soluções para realizar suas atividades de forma mais eficiente em comparação com seus concorrentes. Se no passado a competição era entre empresas, hoje este paradigma ocorre entre a cadeia de suprimentos da empresa e a cadeia de suprimentos de seus concorrentes. Nesse contexto, a aplicação dos princípios da produção enxuta difundiu-se a diversos segmentos e organizações, estendendo-se também para a cadeia de suprimentos, onde recebeu a denominação de Lean Supply Chain Management (LSCM ou Gestão da cadeia de suprimentos enxuta). O objetivo deste artigo é realizar uma análise sistemática da literatura para identificar as principais práticas de LSCM, as barreiras para tal implementação e os fatores contextuais que a influenciam. Este artigo busca contribuir para o campo de construção da teoria do LSCM, proporcionando um maior conhecimento da literatura existente, bem como evidenciar lacunas de pesquisas para fomentar estudos futuros.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22456/1983-8026.74235