O Cuidado nos CAPS numa Região de Saúde Maranhense / Care in a Psycho-social Care Centre in a Health Care Region in Maranhão, Brazil

Karenn Cynthia Santos Silva Borges, Julia Marinho Rodrigues, Laura Lamas Martins Gonçalves, Polliana Carolina da Silva Souza, Tadeu de Paula Souza, Zeni Carvalho Lamy

Resumo


A partir da Reforma Psiquiátrica, os Centros de Atenção Psicossocial assumiram a função de serviços substitutivos e ordenadores da rede em saúde mental. O objetivo do presente estudo foi compreender o cuidado em saúde mental e as articulações com a rede de atenção à saúde na perspectiva dos profissionais dos CAPS. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa realizada com profissionais de CAPS em uma região de saúde do nordeste brasileiro. Foi realizado um grupo focal e utilizado um questionário estruturado. Através da Análise de Conteúdo na modalidade Temática as falas foram agrupadas em três categorias: entre o preconizado e a prática; a articulação em rede; o usuário, ora sujeito, ora doente mental. Concluiu-se que a presença do CAPS, por si só, não garante um novo modelo de atenção. Faz-se necessário apoio das gestões municipais na consolidação do cuidado em rede, pactuação de fluxo do cuidado e supervisão clínico-institucional eficiente.

Palavras-chave: Reforma dos Serviços de Saúde; Desinstitucionalização; Serviços de Saúde Mental; Saúde Mental.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22456/2238-152X.80420

logogoogle
Scientific Electronic Library Online          

 

ISSN: 2238-152X.