Gestos Pesquisantes: Ressonâncias de uma Intervenção em Saúde Mental na Atenção Básica / Research Gestures: Repercussions of a Mental Health Intervention Within Primary Health Care

Luciana Rodríguez Barone, Juliana de Bittencourt Escobar, Afonso Wenneker Roveda

Resumo


Neste artigo, objetivamos relatar a experiência de uma pesquisa participativa, interventiva e cartográfica em saúde mental na atenção básica, problematizando os modos de conhecer e explorando as potencialidades e afetos despertados em campo. Trazemos a trajetória da pesquisa “Qualificação da Saúde Mental na Atenção Básica: análise das práticas de equipes da Região 10-Macrometropolitana/RS a partir do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB)”, discutindo especificamente o processo em um dos municípios envolvidos. Adentramos o campo, descentralizando gestos acadêmicos em contato com os descentramentos da atenção básica. Experimentamos composições nesse nível porta de entrada do sistema de saúde, junto a usuários, trabalhadores e gestores, abrindo-nos aos imprevisíveis que exigem invenção e construção de um comum em meio às comunidades e territórios. Tal perspectiva articula pesquisa e saúde mental na busca por modos clínicos e pesquisantes mais autônomos, singulares e produzidos em conjunto no campo.

Palavras-chave: Cartografia; Saúde Mental; Atenção Básica.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2238-152X.80418

logogoogle
Scientific Electronic Library Online          

 

ISSN: 2238-152X.