Imagem e Ficção na Produção de Conhecimento em Psicologia Social / Image and Fiction in Knowledge-Creation in Social Psychology

Alana Soares Albuquerque, Felix Rebolledo Palazuelos, Tiago Marcelo Trevizani

Resumo


Resumo

Este artigo discute os conceitos de imagem e ficção no âmbito da produção de conhecimento em Psicologia Social. A noção de imagem costuma estar associada à tradição platônica que relaciona a produção imagética ao campo da representação, entendendo as imagens como cópias de um suposto modelo original. Tal concepção instaura um procedimento comparativo que qualifica modelos e cópias, dando lugar às classificações que determinam o verdadeiro e o falso. O texto, acompanhando o pensamento de Deleuze e outros autores, problematiza a ideia de imagem como representação e como simulacro, tendo em vista o processo intrínseco de ficcionalização que opera em seu âmago. Diante dessa possibilidade de abordagem epistemológica, são mencionadas a genealogia e a cartografia como proposições metodológicas que não apenas lançam mão da ficção na produção do conhecimento, mas que operam uma certaficcionalização da realidade, dando visibilidade ao que Deleuze chama de fabulação e de potência do falso.

Palavras-chave: Imagem; Ficção; Fabulação; Psicologia Social; Epistemologia.

 

Abstract

This article discusses the concepts of image and fiction within the scope of knowledge-production in Social Psychology. The notion of image is usually associated with the Platonic tradition which links imagistic production to the field of representation and understands images as copies of a supposed original model. This conception establishes a comparative procedure which discerns between copies and models, giving rise to classifications that distinguish between the true and the false. The text, in line with the thinking of Gilles Deleuzeand other authors, problematises the idea of image as both representation and as simulacrum by way of the intrinsic process of fictionalization operative at its core. In view of this possible epistemological approach, genealogy and cartography are invoked as methodological propositions that not only use fiction in the production of knowledge, but which participate in a certain fictionalization of reality, giving visibility to what Deleuze calls fabulation and the power of the false.

Keywords: Image; Fiction;Fabulation;Social Psychology; Epistemology.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22456/2238-152X.73968

 Scientific Electronic Library Online          

 

ISSN: 2238-152X.