A ORIENTAÇÃO NO AMBIENTE NATURAL: APRENDIZAGEM UBÍQUA ATRAVÉS DO USO DE TECNOLOGIA

Vanesa Gallego-Lema, Juan Alberto Muñoz-Cristóbal, Higinio Francisco Arribas-Cubero, Bartolomé Rubia-Avi

Resumo


Novos estudos surgem na área de Educação Física evidenciando que a tecnologia pode melhorar o processo educativo. Este artigo mostra um processo dos conteúdos de orientação como atividade física no ambiente natural com apoio tecnológico. A pesquisa permitiu analisar, seguindo uma metodologia de estudo de caso com 65 estudantes universitários e um docente, como a aprendizagem ubíqua através do uso de ferramentas tecnológicas (realidade aumentada, geolocalização, etc.) ajudou a aprendizagem no ambiente natural. Entre outros resultados, a aprendizagem ubíqua estimulou o processo de aprendizagem em diferentes espaços físicos e virtuais, melhorou a aquisição de conteúdos de orientação, a competência digital, a aprendizagem em diferentes momentos, etc. Para além dessas potencialidades, também identificaram-se problemáticas durante o processo, tais como: a tensão de que a tecnologia não fosse contra o contato com o meio ambiente natural, a ausência de rede e outras.

 


Palavras-chave


Orientação. Educação superior. Tecnologia educacional. Atividade motora.



 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
Telefone: 51 33085882 | Fax: 51 33085811
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio