O catálogo da biblioteca e o linked data

Liliana Giusti Serra, José Eduardo Santarém Segundo

Resumo


O objetivo do artigo é discorrer sobre as possibilidades de aplicação de conceitos da web semântica, por meio do linked data, no catálogo da biblioteca, favorecendo a troca de informações de forma dinâmica, legível por pessoas e máquinas, com dados estruturados e conectados. O método empregado é de pesquisa exploratória, realizada por meio de levantamento bibliográfico, com seleção de textos que discorrem sobre os catálogos, partindo dos objetivos enunciados por Cutter até a disponibilização dos mesmos na Web; e identificação da web semântica e linked data. Os resultados tomam como base a apresentação do formato Machine-Readable Cataloging (MARC) como elemento que iniciou a descrição em formato legível por máquinas e permitiu o intercâmbio de registros bibliográficos, mostrando-se, contudo, incapaz de satisfazer as necessidades descritivas atuais. A web semântica é apresentada, partindo dos componentes de metadados exemplificados por ferramentas e modelo de dados até o linked data. O Resource Description Framework é apresentado como um modelo de dados que permite a construção da estrutura necessária para a ligação de dados na Web, proporcionando flexibilidade na escolha dos elementos descritivos que são utilizados com recursos bibliográficos. Foram localizadas iniciativas de utilização de linked data em bibliotecas, como a estruturação de vocabulários e nomes de pessoas, identificando resultados em seu emprego. O texto conclui com a análise de ganhos oriundos do uso de linked data nos catálogos das bibliotecas e a necessidade de publicação de dados abertos e interoperáveis pelas instituições, ampliando as possibilidades de novas ligações de dados.

Palavras-chave


Catálogo. Linked data. Web semântica. Metadados. Estrutura de dados.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19132/1808-5245232.167-185



Em Questão | ISSN 1808-5245

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, CEP 90035-007 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: emquestao@ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos