EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE: uma estratégia para a formação dos agentes comunitários de saúde

Vanessa Baliego de Andrade Barbosa, Pedro Marco Karan Barbosa, Maria de Lourdes Silva M. Ferreira

Resumo


Este artigo teve por objetivo descrever e analisar o processo de educação dos Agentes Comunitários da Saúde (ACS) utilizado pelos enfermeiros na Estratégia Saúde da Família. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, e contou com 17 sujeitos. Para a coleta de dados, utilizou-se entrevista semiestruturada, e a análise dos dados foi realizada por meio da técnica de análise de conteúdo. Identificou-se a categoria: organização do processo de educação nas unidades de saúde da família, cujas temáticas elencadas foram: enfermeiros como líderes da equipe de referência, educação permanente, metodologias tradicionais e educação centrada nas necessidades dos ACS. Através deste estudo, pudemos compreender que os enfermeiros têm pouco contato com a ferramenta da Educação Permanente, realizando as atividades de capacitação fundamentadas na metodologia tradicional de ensino, sendo necessário um investimento dos gestores no sentido de capacitá-los, no que se refere à educação permanente, possibilitando-lhes a atuação com os ACS.


Palavras-chave


Educação, Saúde da Família, enfermagem

Texto completo:

PDF


ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447